Polvo de crochê faz mal para os bebês?

Você viu em nosso último artigo que o Ministério da Saúde emitiu uma nota alertando que não recomenda o uso de polvos de crochê. A base para isso é que não há comprovação científica dos benefícios do uso do polvo.

No entanto, o governo não proibiu o uso do polvo nas incubadoras já que ele não causa nenhum prejuízo aos bebês desde que respeitados os cuidados de esterilização. Além disso, embora não haja comprovação científica ainda, os relatos são de melhora dos bebês.

Contudo, há uma excelente notícia a respeito desse assunto: o Hospital Materno de Brasília está iniciando uma pesquisa. Isso significa que esses estudos poderão mensurar quais são os reais benefícios do uso dos polvos de crochê para os bebês prematuros.

Segundo o secretário de Saúde do Distrito Federal, Humberto Fonseca (em entrevista ao G1) “As pesquisas e testes pretendem criar bases científicas para o método terapêutico que tem sido utilizado durante o desenvolvimento de bebês prematuros”.

Ainda segundo Humberto “Os estudos vão começar a surgir agora. Sabemos que não faz mal. Mas não temos a comprovação de que, por exemplo, os bebês identificam os tentáculos como o cordão umbilical.”.

Essa iniciativa é muito positiva e certamente irá contribuir para o tratamento e a recuperação dos bebês prematuros.

Finalizando

Antes de terminar eu preciso te recomendar a leitura desse artigo aqui onde você vai aprender alguns truques simples, mas valiosos, para economizar no frete.

Então, gostou das dicas?

Para receber mais conteúdo como esse, inscreva-se aqui no blog.

Você pode também se inscrever no meu canal no youtube e me seguir nas redes sociais.

[yikes-mailchimp form=”2″ title=”1″ description=”1″ submit=”Eu quero!”]


Consulta

http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/hospital-materno-de-brasilia-faz-pesquisa-sobre-beneficios-dos-polvos-de-croche.ghtml